1 2 3 4

27/10/2014

#Grupo De Apoio


























 #Grupo de apoio é uma coluna onde eu conto meu sofrimento ou de outro alguém, e com a opinião de cada um de você tentamos ajudar uns aos outros hehehe. Espero que gostem.
 P.S. Desculpa, o texto ficou enorme mas eu precisava desabafar, se você não quiser ir até o final eu irei entender uniff
Tantos sonhos, tantos objetivos, tanto desanimo, pouca fé e coragem. Nada muito agradável pra quem está lutando por um sonho, não sei, mas parece que 2014 passou tão rápido que nem tempo de correr atrás dos meus alvos eu tive, mentira tive sim, mas o que faltou mesmo foi força de vontade, sabe? Não sei, mas esse ano foi -está sendo- tão confuso pra mim, uma hora tudo dá certo ou dá tudo errado, uma hora pessoas vão embora, outra pessoas chegam, as decepções vêm junto, a cobrança, a solidão, a carência, o desespero, tudo parece aparecer na mesma hora, ai não dá né, o forninho cai. E quem aguenta?
Esse post vai ser tipo uma resposta ao post passado e nele a gente pode ver que eu queria menos dor e mais amor, queria mais chuva e menos sol, ao contrario ao tratar-mos de sentimentos, e cara, foi exatamente ao contrário. Acho que esse foi o ano que eu mais sofri sentimentalmente falando, e como diz a lady gaga não conseguimos ser fortes o tempo todo, uma hora tudo desaba nas suas costas como uma wrecking ball e tudo que você sabe fazer além de ver chuva pelos olhos é dormir pra ver se tudo passa, claro que esse é um dos mais lights, acho que não convêm contar detalhes.
Realmente fiz amigos que meu amigos não conhecem, não tive ponto de apoio nem uma motivação, estava tão fraco que não conseguia levar as coisas adiante sozinho. Estive bem conectado, descobri muitas coisas e continuo descobrindo algumas que não queria, elas me mudaram de um jeito ou de outro, mas o que eu posso fazer se essa é a verdade, agora eu entendo o que é não querer encarar a realidade, é muito hard. Mas o que me tocou foi a inocência que eu estava quando tinha escrito esse texto, nunca tinha imaginado que seria essa a poeira que estivesse embaixo do tapete, como consegui esconder tanta coisa assim por tanto tempo? E como sempre eu sou o ultimo a saber.
Me dediquei metade do ano, o resto, bem, foi resto. Não tive clipes novos e ousados da miley, mas tive a oportunidade de ver seu show, e cara, isso valeu por tudo porque lá nada é ousado tudo vira uma plataforma de diversão você se sente "normal", mas ela tem tanta música pra ser aproveitada desse jeito vulgar dela hehe. Tive pouco sorvete e mais chocolate, realmente tive mais certezas algumas delas preferia ficar em dúvida, ainda estou treinando fazer o que me faz feliz e não o que agrade os outro. troquei muita conversa com pessoas mais que especiais, tive muitas conquistas apesar de perder muita coisa e uma delas foi a inocência, ao falarmos de pessoas. Nunca achei que o ser humano fosse uma raça tão ruim como todos falavam, bem, ai está a consequência de quem não acredita, toma na cara. As pessoas só ficam perto de você por interesse, te largam quando mais precisa, queria muito me aproximar dos meus antigos amigos mas no meio do ano queria pessoas novas na minha vida, que me chatearam bem menos por sinal.
Abasteci meu estoque de histórias pra contar em volta de uma fogueira, tive novas aventuras, mas não novos ares, acabei tento mais responsabilidade mas é o que eu queria e descobrir que isso você não deseja, responsabilidade vêm com o tempo á toda hora e você acaba descobrindo que não é tão legal assim como você pensa. Creio que fiz pessoas sorrirem, isso é mais fácil do que fazer em mim, aliás conheço meus pontos fracos e querendo ou não ainda estou tentando aproveitar meu tempo livre. Chorei, mas chorei de tanto rir, tantas vezes que foram capazes de deixar alguns dias mais felizes,. Finalmente estou sendo eu sem me importar tanto assim com as pessoas, elas realmente não ligam tanto assim quando tem uma vida pra cuidar.
Não queria falsidade do meu lado deve ser por isso que ela andou junto a mim, mas isso me ajudou a não confiar nas pessoas tão rápidamente, acreditava que elas me faziam feliz quando no fundo só agiam ao contrário, mas tudo bem, a distância ajudou um pouco. Não desisti dos meus sonhos apenas coloquei-os de canto pra recolher mais tarde e não dar tempo de desistir. Tive momentos felizes lembro dos meus sorrisos, me decepcionei com pessoas próximas e sinto que se eu não mudar isso pode acontecer de uma maneira um pouco pior. Não queria ser normal e estou quase arrependido de ter desejado isso, mas não, sei que isso faz parte de mim de alguma forma. Tive mais palavras ao vento do que atitudes, não fiquei pra trás fiquei parado, não perdi a esperança confiei mais em Deus, ainda estou perdendo meu tempo com coisas fúteis e a tristeza me acompanha, mas é pra aprendizado então, tudo fica bem #sqn. Coloquei mais inspiração na estante e tirei o pó de bloqueio, a preguiça ainda deixou vestígios mas tive mais ousadia, mais vergonha na cara, e um pouco de desespero, e muito medo no final. Mas ainda quero saber porque desistir de algo que ainda nem começou?

Comente com o Facebook:

12 comentários :

  1. Amei seu texto seu desabafo, me identifiquei om ele, a gente sempre deseja coisas, varias coisas, que as vezes não acontecem.. :/
    http://geoaraujoand.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Muito bom seu texto novamente. As vezes quando estamos pra baixo, precisamos desabafar com alguém, um amigo, ou até mesmo em um blog!

    www.booksever.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Oi Guilherme,
    Gostei bastante do seu texto. Achei um desabafo diferente... abrange muitos problemas e serve pra muita gente.

    Até mais,
    http://entreserieselivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Ola Guilherme,
    Tudo bom?
    Te encontrei lá no blog Entre Chocolates e Músicar e gostaria de te fazer um convite. Meu nome é Raquel Machado sou autora do livro Vingança Mortal, uma história de suspense ambientada em Lageado Grande/RS, repleta de intrigas e mistérios, onde cada pessoa esconde um segredo e alguns são fatais. Gostaria de lhe avisar que estou com parcerias abertas para blogs, se tiver interesse pode me enviar um e-mail "raquel.machado2014@yahoo.com.br". Você pode conhecer mais a história na página abaixo:
    http://leiturakriativa.blogspot.com.br/p/vinganca-mortal.html
    Obrigada desde já.
    Raquel Machado
    Escritora Vingança Mortal
    Leitura Kriativa

    ResponderExcluir
  5. Passando pelo o seu blog pela primeira vez, e achei ele lindo. Mesmo, e bem escrito. Adoro pessoas que escrevem com amor, e não só por escrever. Vou voltar mais vezes.

    http://agindodiferente.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. post muito importante beijos
    ja estou seguindo beijos
    livro-azul.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oi, Guilherme! É sempre bom desabafar, não é? Me identifiquei com algumas coisas de seu texto e o adorei! :)

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. É bom desabafar as vezes, me identifiquei muito com seu texto
    fashionemcores.com

    ResponderExcluir
  9. Guilherme, acredito que escrever é uma forma eficaz de terapia, alivia muito a nossa bagagem de sentimentos corrosivos, nos deixa mais leves e próximos de nós mesmos.

    Continue com esse hábito ;-)

    ResponderExcluir
  10. Oi Gui!!!!
    Lembrei o orkut eu tinha uma comunidade assim *-*
    Agente tem é que falar mesmo, co caso escrever, vai dar tudo certo o negocio é saber esperar!
    Adorei ver seus likes no meu insta *-* obrigada!

    beijão ;*


    http://isabellalessa.com/

    ResponderExcluir
  11. Oii Gui!!

    Eu gostei dessa coluna, acho que é sempre bom falar/escrever, colocar pra fora o que você está sentindo :)
    Espero que o ano melhore para você :) :)

    Beijinhos,
    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
  12. Olá!
    Primeiramente obrigada pela visita lá no meu blog!
    Bom, adorei o texto e os teus questionamentos e respostas a si mesmo são bem interessantes, até porque são coisas que muitas vezes pensamos e nunca verbalizamos, mas por que não? A vida é um vórtice louco no qual somos jogados e obrigados a nos situar. Missão difícil mas não impossível!
    Enfim, a coluna é ótima. O blog é lindo! Parabéns!

    http://luahmelo.blogspot.com

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...