1 2 3 4

31/12/2014

Obrigado 2014, por tudo.

 Querido 2014, por mas que eu não tenha gostado de você como gostaria, consegui entender que você foi duro porque eu queria se fosse necessário, e não posso negar o quanto aprendi esse ano, por isso esse já é o 3 texto sobre você aqui e espero que seja o ultimo. 

  Mas dessa vez não vim aqui pra dizer o quanto você me machucou e nem pra relembrar que o momento mais feliz que você me proporcionou foi o show da Miley e só. Também não vim te chutar pra fora da porta e dizer que estou contando nos dedos pra chegada do novo ano -até estava, mas parei quando percebi que apenas o ano vai mudar o resto cabe a mim alterar-. Enfim, estou aqui pra te agradecer. Não tem aquela velha história de que de toda coisa ruim a gente tira algum aprendizado? Então, posso dizer que consigo tirar vários de você.

 Vamos lá, primeiramente quero te agradecer por todas aquelas respostas das perguntas que eu não fiz -e não estou falando de provas viu- quero te agradecer por me fazer aprender que a gente só entende muitas das coisas quando elas acontecem conosco ou com alguém muito próximo, quero te agradecer por todos aqueles dias ruins -e olha que não foram pouco em- onde tudo dava errado e tudo o que eu mais queria era dormir porque eu sabia que no dia seguinte tudo passaria. Te agradeço por todas as pessoas que conheci e foram embora, te agradeço por cada uma delas ter me mostrado um lado positivo da vida e ter me deixado uma lição -mas eu quero elas de volta, cada uma delas, mas só das pessoas que deixaram uma marquinha no meu coração em-.

 Quero te agradecer por toda situação que eu tive que passar pela noite e cobri-la com um sorriso pela manhã, só Deus e eu sabemos o que eu fiz pra esconder cada uma delas, se bem que hoje eu não estou tão diferente assim mas liguei o dane-se e continuo meu caminho. Te agradeço por todas as inseguranças, paixonites platônicas, por todas as palavras vazias, por toda minha brincadeira mas com pingos verdadeiros, te agradeço por todas as descobertas, e principalmente, por descobrir que por mas que anos passem as brincadeiras são as mesmo, porque eu sou assim e não mudo á um bom tempo, e o que me restou foi a esperança de alguém aceitar minhas imperfeições. Obrigado por todas essas coisas que inspiraram textos, conclusões de mim, do mundo e da vida.

 Te agradeço por algumas vezes eu ter me forçado a ser feliz -não me arrependo eu consegui- te agradeço por me ensinar que ninguém tem nada a ver com a minha vida, que eu tenho que me preocupar em ter um sorriso no rosto no final de cada dia não qual a fofoca que estão fazendo de mim. Que eu tenho que fazer o que me faz feliz e não seguir o padrão imposto pela sociedade. Te agradeço por me ensinar que eu não tenho que provar nada pra ninguém, que quem quiser que fique mas quem não quiser já vai tarde. Te agradeço por me ensinar que tem coisas que a gente não pede é apenas o preço da vida, porque pra viver você tem que abrir sua caixinha de surpresas que pra alguns ela é um grão de areia pra outros um aranha-céu, mas na verdade, são todas do mesmo tamanho cabe a você saber de que forma você vai olhar e enfrentar seu problema. Obrigado por esse ano eu ter mais perdido do que ganhado em valor financeiro mas te agradeço por ter sido exatamente o oposto em relação a experiência e amadurecimento.

 Mas no final de tudo, percebi que não foi você 2014 fui eu, então antes de te agradecer quero me agradecer por ter me conhecido melhor nesse ano e ter finalmente entendido que eu não preciso me controlar, eu não tive opção. Eu não preciso me mostrar eu tenho que fazer. Eu não tenho que ser uma cópia eu tenho que fazer um discurso novo. Eu não tenho que me preocupar tanto assim, afinal, as pessoas não pensam as mesmas coisas que eu penso que elas pensam rs. E que também, eu não preciso levar tudo tão a sério a vida é um jogo e se você quer brincar tem que aprender as regras . E se for isso acho que eu já posso abrir um lado do tabuleiro.

P.S. Ah 2014 e pensando bem eu tenho que agradecer a Deus não a você ;) pois foi ele quem não me deixou desistir em nenhum momento.

P.S. volto dia 04/01 enquanto isso confira os posts que você ainda não viu ;)


                                              NOS ACOMPANHE NAS REDES SOCIAIS:
                                                                         

Comente com o Facebook:

5 comentários :

  1. Oi Guilherme, é importante agradecer neh? Amei o post!

    Olha te indiquei em uma tag lá no blog...
    http://joandersonoliveira.blogspot.com.br/p/tag_31.html

    Abraços... Feliz 2015!

    ResponderExcluir
  2. Oi Guilherme,
    Adorei o texto! É tão comum ver pessoas reclamando, que quando vemos agradecendo, estranhamos. rs

    Até mais,
    http://entreserieselivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi Guilherme! Quero começar o comentário dizendo que acho que você escreve muito bem, parecia até que estava desabafando com um diário. Em muitas partes concordo com você, a vida é realmente um jogo, temos que aprender as regras e fazer tudo ficar ao nosso favor; afinal, se nós não fizermos isso, ninguém mais fará.
    Espero que 2015 seja um ano ÓTIMO pra você! :D
    Beijos,

    www.artigo2.com.br

    ResponderExcluir
  4. Também precisamos agradecer por estamos hoje em 2015, super beijo.

    http://www.marivieira.com/
    http://youtu.be/iQGSJfO7_jA

    ResponderExcluir
  5. Oi meu amor, como você ta?
    Sumiu em... Mas eu também deu um chá de sumideira então te perdoo akakakk!
    Agradecer é essencial e eu agradeço a ti pelo carinho que sempre teve comigo!

    Um lindo ano pra nós!!!

    http://isabellalessa.com/

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...